NASCIMENTO

NASCIMENTO

.

No topo de uma arma

Um nascimento, ferros

Carregado de pétalas

Era madrugada, berros

.

Abrimos o sulco, semente

Enterrámos as dores velhas

Outras urgiram, crescimento

Da mesma cor, vermelhas

.

Só abrimos o caminho

Só plantámos o grão

É preciso cuidar e amar

É preciso regar o chão

.

A liberdade foi gerada

Muito risco, gravidez

Mas nasceu e cresce

É ser, vive com avidez

.

Agora com cinquenta

Continua a ranger dentes

Continua a doer, sofrer

É preciso tratar, mentes

Só abrimos o caminho

Só plantámos o grão

É preciso cuidar e amar

É preciso regar o chão

.

Névoas escuras, coação

Sombras velhas, ilusão

Novas caras, cuidado

Alerta, olho vivo, ação

.

Cresce tu ó liberdade

Aqui, estás para nós

Aqui, estamos para ti

Ficarás depois de nós

.

Só abrimos o caminho

Só plantámos o grão

É preciso cuidar e amar

É preciso regar o chão

Ficha Técnica:

Tema: Nascimento

Por: Daniel Machado

Autores:

Letra: Daniel Machado

Música: André Júlio Turquesa/Daniel Machado

Produção, Arranjos, Mistura e Master: André Júlio Turquesa

Músicos:

Voz: Daniel Machado

Guitarras, Cordas e Vozes: André Júlio Turquesa

Percussão: Iúri Oliveira

Contrabaixo: Filipe Louro

Clarinete: Paulo Bernardino